Arquivo do mês: fevereiro 2013

Quinas

No desmotivo
de um peito entregue
com braços abertos
e facas guardadas

Na presença

Física
Sentimental
Sombria
Intelectual

Apaixonadamente culpado
este fantasma assombra
todos os de bom coração

Se atreve a velar teu sono
Desenha para não precisar falar
Se estanca entre o sonho e o pesadelo
E esquece tudo aquilo que você também não lembra

Nos dias
em que o demônio do outro
se finge indiferente
e ri num curto sarcasmo tão falso
que transparece sua inumanidade

A gente se apega ao anjo interno
que enquanto se corta em redenção
te deixa seguro de que está tudo bem

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: